Princípios, Valores e Missão

Missão

A razão de ser do Projeto Cão sem Fome é articular e contribuir com Protetores independentes que abrigam animais abandonados e resgatados de situações de risco, através de doação de ração e cuidados com a saúde dos animais, oferecendo também suporte e consultoria aos Protetores, para que possam melhorar as condições em que vivem esses animais.

Valores

Os valores eleitos como essenciais no Projeto são: Acolhimento com Dignidade, Solidariedade e Exercício da Cidadania .

Acolhimento com Dignidade: Todos os animais devem ser acolhidos de forma amorosa, com alegria, respeito e dignidade. Sabemos que a maioria deles nunca será adotado, portanto os protetores devem oferecer uma vida digna, alimentação satisfatória e cuidados básicos com saúde e higiene.

Solidariedade: É a criação de laços afetivos entre os Protetores e o Projeto, em uma relação de comprometimento e apoio com a única expectativa de que se mantenham zelando pelos cuidados, saúde e bem-estar dos animais assistidos, revertendo toda a ajuda recebida em benefício dos mesmos.

Exercício da cidadania solidária: Acreditamos que na Cultura de Paz, devemos adotar algumas atitudes  no dia-a-dia, que podem fazer muita diferença na vida de todos. Passamos esses valores aos Protetores atendidos, para que o acolhimento seja uma ação socialmente responsável.

Príncípios

O comprometimento do Cão sem Fome é acima de tudo com o bem estar do animal, que sempre deve prevalecer sob os interesses dos Protetores ou de qualquer outro sujeito no processo. O foco do Projeto Cão sem Fome é atendimento á cães.

Marco Conceitual

O marco que sustenta a prática e as relações do Projeto baseia-se em:

  • Chamamos os abrigos de “Quintal” porque realmente são o quintal da casa dos Protetores que abrigaram, resgataram e salvaram esses animais.
  • Buscamos uma visão totalmente diferente de“Abrigo” que tem uma conotação de lar temporário e passageiro para um “Lar”permanente.
  • Sabemos que não há adotantes para todos os cães e portanto esse Projeto visa a qualidade de vida daqueles que nunca serão adotados, para que vivam com saúde, alimentação e carinho nos quintais onde habitam.
  • Aceitamos as limitações dos Protetores, que acolheram e cuidam dos animais dentro das suas possibilidades, oferecendo a eles todo o suporte através de uma consultoria especializada.

Os Protetores

Pessoas que já acolhiam, tratavam e cuidavam de animais em suas casas e hoje tem uma quantidade de animais acima das suas possibilidades. Pessoas que, por não serem legalizadas, não recebem nenhum tipo de apoio de nenhum órgão público ou ONGS. Pessoas que se comprometam com a vida e se apropriem dos valores do Projeto, aceitando nossas eventuais interferências.